A inflação medida pelo Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) subiu 0,72% em janeiro de 2022, após alta de 0,52% em dezembro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, o indicador acumula variação de 17,17% em 12 meses, frente a 18,65% de 2021.

O custo nacional da construção por metro quadrado foi de R$ 1.525,48, sendo R$ 915,79 relativos aos materiais e R$ 609,69 à mão de obra. Em dezembro de 2021, esse custo totalizava R$ 1.514,52, sendo R$ 910,06 relativos aos materiais e R$ 604,46 à mão de obra.

A parcela dos materiais em janeiro subiu 0,63%, numa queda de 0,13 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,76%). Em relação ao índice de janeiro de 2021 (2,96%), houve queda mais significativa, de 2,33 ponto percentual.

Já a parcela da mão de obra, com taxa de 0,87% em janeiro, apresentou alta de 0,72 ponto percentual frente ao índice de dezembro (0,15%). Comparado a janeiro de 2021 (0,78%), houve queda de 0,09 ponto percentual.

— Foto: Pixabay


Fonte: Valor Econômico - Brasil, por Lucianne Carneiro e Alessandra Saraiva, Valor — Rio, 09/02/2022