Não tenha dúvida: a engenharia é uma das profissões mais antigas do mundo! Sempre esteve presente na vida da humanidade, desde os tempos mais antigos da pré-história. Os primeiros sintomas foram a criação de ferramentas como facas feitas de pedras, lanças e a invenção da roda. Nos anos de 2600 antes da era Cristã, Imhotep foi considerado o primeiro engenheiro civil da história antiga, com a construção da pirâmide de Djoser, no Egito. Por fim, até as fantásticas edificações do século XX e agora no XXI.

 

O tempo passa, é dinâmico e as coisas mudaram ao longo de milênios. Atualmente, as evoluções tecnológicas proporcionaram um novo paradigma à engenharia, adequadas às necessidades do século XXI, com o uso responsável dos recursos naturais, a sustentabilidade como fator de qualidade vida e de preservação da própria existência humana. Nos bancos das faculdades, os engenheiros de hoje não se formam do mesmo jeito de 30 anos atrás.

 

Atualmente, o profissional do setor da construção civil e da engenharia como um todo, precisa pensar, agir e projetar com conceitos de sustentabilidade. Necessita qualificar-se permanentemente em gestão de projetos, processos e negócios. Estar preparado para os desafios da eficiência energética é fundamental. Estar lincado na automação dos processos. Por fim, pensar localmente e agir globalmente, são alguns exemplos.

 

Somos uma das profissões mais antigas do mundo, responsável pela geração de empregos, pelo PIB da economia, pelas soluções ambientais e sociais e, agora, pela manutenção do planeta Terra.

 

José Elias Fernandes Abul Hiss
Eng. Eletricista e Segurança do Trabalho
Diretor Executivo da APeMEC

 

Abril de 2022

APOIO: