Notícias

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu não permitir a aquisição direta de critptomoedas por fundos de investimentos locais.

Fonte: Valor - Finanças, por Juliana Schincariol , 12.01.2018

A Caixa Econômica Federal precisa de R$ 25 bilhões de capital apenas para conseguir operar o orçamento de R$ 325 bilhões aprovado pelo conselho curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o período de 2018 a 2021.

Fonte: Valor - Finanças, por Edna Simão, 05.01.2018

Grande parte dos investidores do mercado imobiliário veem imóveis como investimentos seguros e com baixo risco.

Fonte: Valor - Finanças, por Alexandre Rodrigues e Anita Scal, 05.01.2018

O Banco Central (BC) trouxe uma novidade nas suas projeções apresentadas no Relatório de Inflação (RI), incorporando explicitamente nos seus pressupostos a queda temporária da taxa Selic abaixo de 7% ao ano ao longo de 2018 prevista pelos analistas de mercado.

Fonte: Valor - Finanças, por Alex Ribeiro, 22.12.2017

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) busca viabilizar novos produtos para atrair poupança privada para investimentos no país, sobretudo na área de infraestrutura.

Fonte: Valor - Finanças, por Francisco Góes, 20.12.2017

Os investidores já estavam se preparando para o adiamento da votação da reforma da Previdência, mas o pano de fundo político acabou ampliando dúvidas sobre a possibilidade de uma votação ao longo de 2018.

Fonte: Valor - Finanças, por José de Castro, Juliana Machado e Lucinda Pinto , 15.12.2017

A sinalização principal da ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central para a reunião de fevereiro é um corte de 0,25 ponto percentual na taxa Selic.

Fonte: Valor - Finanças, por Alex Ribeiro , 13.12.2017

A queda da inflação teve não só repercussão de permitir a recuperação da economia, mas também a redução da taxa básica, segundo o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn.

Fonte: Valor - Finanças, por Eduardo Campos e Alex Ribeiro, 13.12.2017

Os mercados locais continuam nesta semana pautados por um tema uníssono entre os investidores: a reforma da Previdência.

Fonte: Valor - Finanças, por Juliana Machado e José de Castro, 11.12.2017

A indicação do Banco Central de que poderá reduzir a Selic em mais 0,25 ponto percentual no começo do ano que vem já provocou mudança de estimativas de parte de analistas e ajudou ontem a limitar a pressão na ponta mais curta da curva de juros.

Fonte: Valor - Finanças, por José de Castro , 08.12.2017