Além da concessão do Ibirapuera e de outros cinco parques, a Prefeitura de São Paulo tem buscado outras opções diante do desafio da gestão dessas áreas públicas. A Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente terá, até o fim do ano, chamamento público aberto para empresas e pessoas físicas que tenham interesse em formalizar parcerias em 58 parques da capital paulista.

Essas parcerias incluem doações e empréstimos de equipamentos de ginástica para a terceira idade, brinquedos para playground, bancos, mesas, lixeiras, bebedouros e materiais para sistemas elétrico, hidráulico e sanitários, além de acordos com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente para melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas.

A contrapartida para o parceiro é a exposição de sua marca no parque, em local determinado pela Secretaria do Verde, desde que o projeto de identidade visual seja aprovado conforme critérios da Lei de Cidade Limpa.

Segundo o secretário adjunto do Verde e do Meio Ambiente, Ricardo Viegas, parcerias com a iniciativa privada e o terceiro setor resultaram em investimentos adicionais de R$ 10 milhões nos parques públicos no último um ano e meio. "A experiência é extremamente importante", afirmou Viegas. A Prefeitura de São Paulo administra 107 parques, 86 deles na área urbana.


Fonte: Valor - Empresas / Indústria, por Chiara Quintão - de São Paulo, 04/07/2019