A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,57% no início de junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

No fim de maio, o indicador tinha subido 0,19%, com influência dos preços de alimentos e de transportes durante e após a paralisação dos caminhoneiros.

Das sete classes de despesa que compõem o indicador, subiram mais na abertura de junho, perante a medição anterior, Alimentação (0,62% para 1,82%), Transportes (0,59% para 0,88%) e Despesas Pessoais (0,32% para 0,56%). Vestuário deixou baixa de 0,10% para estabilidade.

Saúde abrandou o ritmo de alta, deixando elevação de 0,49% no fechamento de maio para 0,41% na prévia inicial de junho. Habitação e Educação mantiveram na apuração recente as mesmas taxas verificadas no fim do mês anterior, de queda de 0,35% e aumento de 0,05%, respectivamente.


Fonte: Valor - Macroeconomia , 11/06/2018